O primeiro tapetinho de Yoga a gente nunca esquece! Tenho o meu primeiro até hoje. Comprei por volta de 2005 e nessa época que não existiam tapete disponíveis no Brasil. Foi um custo achar, era borracha de passadeira, muito fino, mas eu amava. Não preciso nem citar o quanto foi caro para mim na época! 

Mas, os tempos hoje são outros. Muitas lojas, muitas opções, muitos materiais diferentes e quem quer compra acaba ficando perdido. E o pior é quando percebemos que jogamos dinheiro fora e temos que comprar outro. 

Então, como comprar bem pela internet? 

Vou deixar aqui as dicas que costumo dar para os meus alunos: 

1) Dica de ouro: procure por materiais anti-derrapantes. Tapete que escorrega, que não da tração, atrapalha sua prática. Se você transpira muito, deve ficar mais atento ainda a este ponto. Tem gente que acha que qualquer tapete é igual, mas não é! Tapete bom, faz sua pratica ficar melhor. 

2) Não leve em consideração somente preço. Você pode achar bons tapetes a partir de 100 até 500 reais, vai depender de quanto quer e pode investir. 

3) Escolha uma cor que te agrada! Você vai passar um bom tempo encima deste companheiro, então veja se não se sentirá incomodado com a cor. A cor do seu tapete de yoga vai ser importante para ativar os seus chacras? Não. Tudo a nossa volta nos influencia, mas os asanas (posturas) de Yoga já fazem isso. Então não se preocupe com isso. Ente a cor e o item 1, escolha o 1!

4) Eu gosto muito de materiais com PTE, PVC e PU. Mas existem outros bons materiais disponíveis no mercado. 

5) NUNCA, jamais, em tempo algum compre um tapete de EVA!!! EVA não foi feito para a prática de yoga! Escorrega..... não adere ao chão. É simplesmente péssimo. 

6) Tamanho e espessura!  Fiquem atentos ao tamanho do tapete. As vezes o tapete tem um preço mais barato porque é pequeno. Os bons tapetes tem medidas próximas ou acima de 1,70 cm X 60,00 cm largura. A espessura também importa. Eu prefiro tapetes em torno de 5 mm. Acho os de 3 mm muito finos e prefiro usa-los para levar em viagens, porque ocupam pouco espaço. Mas isso é de gosto e muitas pessoas ficam felizes com essa versão mais fininha. Já os tapetes de +- 8 mm para mais, são tapetes fofos, gordos, e de pouca estabilidade. Todos que eu vi ate hoje eram assim. Uma delicia para deitar, pouquíssima estabilidade para todo o resto.  Se para posturas em pe é horrível imagina as de  equilíbrio. 

Bom, espero ter contribuído para sua nova aquisição. Faça uma boa compra!
Namaste!

Nós do Shanti Studio de Yoga, estamos oferecendo aulas ao vivo  pela Plataforma Zoom. Toda a nossa experiência de 11 anos ensinando Yoga em BH agora na sua casa. Quer saber mais?  entre em contato conosco pelo Whatsapp clicando aqui!


YOGA PRÉ NATAL 


Toda gestante demanda uma atenção especial, por trazer dentro de si a realização máxima da força criadora da vida. Por esse motivo, é muito importante que se dê preferência à prática de Hatha Yoga numa turma específica para Gestantes. Isso possibilita à mulher trabalhar sempre no seu ritmo, com exercícios adequados às diferentes fases da gestação, preparando o corpo para o parto e aliviando os desconfortos corpóreos típicos da gravidez. O contato mamãe-bebê é estimulado, fortalecendo profundamente essa conexão, e os exercícios proporcionam relaxamento, serenidade, tranquilidade, confiança, segurança e força à mamãe.

O ideal é que se pratique Yoga após o primeiro trimestre de gestação, sempre com autorização médica. Se você já é praticante de yoga e descobriu que está grávida, tenha o cuidado de informar imediatamente a seu professor.


Agende seu horário pelo zap: 31 991160669


YOGA E GESTAÇÃO


Benefícios:

Ajuda a futura mamãe a tomar maior consciência de si mesma, de seu corpo e do milagre da vida que está se formando em seu ventre.

Através de exercícios 
respiratórios, autotoque e visualizações, o contato mamãe-bebê é fortalecido. Leva serenidade, aconchego e conforto ao bebê, uma vez que a atenção da mãe se volta para ele.

No nível físico, o yoga manterá o corpo forte e flexível, capaz de enfrentar o peso extra e a hiperatividade dos hormônios. Os exercícios aliviam a fadiga, as dores nas costas (principalmente lombares), articulações e músculos, além de minimizarem distúrbios digestivos e circulatórios, podendo prevenir a formação de varizes.

Melhora o equilíbrio e controle do corpo, uma vez que a gestante tem que se adaptar às intensas mudanças que ocorrem diariamente em seu corpo.

Os exercícios respiratórios serão poderosos aliados durante o parto. Ajudam a reduzir a ansiedade, os medos, as preocupações, e serão fundamentais para que a gestante desenvolva um trabalho de parto fluido e tranquilo.

Os alongamentos são muito enfatizados e ajudam também a preparar a bacia para o parto natural.
O aumento da resistência e o fortalecimento dos músculos como os do assoalho pélvico, pernas, glúteo, abdômen e lombares facilitam na hora do trabalho de parto.

A prática regular das posturas de yoga previne a queda da bexiga e incontinência urinaria. Fortalece os sistemas endócrino e nervoso, melhora a circulação e o inchaço das pernas.


Melhora da postura, que é seriamente afetada pelo crescimento da barriga e seios. As posições para fortalecer os músculos das nádegas, costas, ombros, barriga e pernas ajudam a manter o corpo alinhado e reduzir o desconforto associado à má postura.

Por fim, também acelera a retomada das formas do corpo da mulher no pós-parto.

Por todas essas razões, o Yoga na gestação é uma incrível ferramenta para mamãe e para o bebê, que terão uma melhor sensação de bem-estar, relaxamento e serenidade. A gestante tem a possibilidade de se voltar profundamente para o processo de geração da vida pelo qual está passando, percebendo com mais intensidade a conexão natural com o bebê, deixando fluir todo amor e dedicação envolvidos nesse momento tão mágico na vida da mulher.